Faça um pedido Harry!

 



Olá Terráqueos do meu coração, como vocês estão?

 Hoje é um dia super especial para nós os fãs de Harry Potter e você sabe porque? Por que além de ser aniversário do bruxinho que mudou milhares de vidas, e depois de 20 anos ainda continua mudando, é também o dia do aniversário de uma das grandes inspirações da minha vida, sim hoje também é aniversário da J.K. Rowling, e embora esse post pareça ser para o Harry, eu vim mesmo é falar dela, afinal a sua genialidade só foi exposta a nós, meros trouxas, por causa da história conturbada do menino Harry.
 
   J.K. nasceu Joanne, e embora seu nome seja lindo, foi aconselhada pela editora para que não usasse-o, afinal garotos não gostariam de ler um livro escrito por uma mulher, e embora isso pareça um absurdo, esse foi um dos menores problemas que a vida reservou para a Joanne. Um relacionamento abusivo, seguido de separação, uma filha para cuidar porém sem emprego J.K. teve que sobreviver de programas sociais do governo, como se isso não bastasse J.K. caiu em depressão profunda mas  que ninguém esperava é que não era só tristeza que a vida guardou para Joanne.



   J.K. é uma das minhas maiores inspirações, ela é um exemplo de perseverança e a prova de que sim, a literatura salva vidas. Harry Potter me tornou uma pessoa melhor. Joanne Rowling me tornou uma pessoa melhor e de todas as lições que aprendi com ela, a maior foi a de lutar contra meus dementadores, como ela lutou, ela lembrou de acender a luz e me ensinou que é isso que basta para que nossa vida seja melhor.  Por isso nesse dia desejo a minha rainha Jo, toda a felicidade do mundo, afinal sem ela eu não seria metade do que sou hoje.



"J.K., criou sete Horcruxes. Ela colocou um pedaço de sua alma em cada um dos livros e agora eles viverão para sempre."
                                                                 - Stephen King -





Resenha: Ácido e Doce

 

   Olá pessoal tudo bem? Olha quem está aqui, vim fazer a resenha do primeiro livro que recebi de parceria com a Editora Xeque-Matte, Ácido e Doce do autor Raphael Miguel, e tenho que dizer pra vocês que esse livro foi uma surpresa muito boa para mim.

  Ácido e Doce, embora não seja o primeiro livro escrito pelo Raphael, foi o meu primeiro contato com ele e digo para vocês que vale super a pena dar uma chance para esse livro e espero mesmo poder ler outras obras do autor.

  O livro é narrado em primeira pessoa por Alejandro e Eveline. Alejandro é um rapaz com uma excelente posição social, devido a seu trabalho em uma seguradora, que conseguiu após muito esforço. Eveline, é uma mulher poderosa e misteriosa que consegue tudo que deseja com seu poder de sedução e que está disposta a se vingar de todos que entraram em seu caminho e deixaram lembranças ruins, enquanto isso Alejandro está feliz com a sua vida pacata de rapaz bem sucedido, até que um reencontro com seu passado promete mudar a vida do rapaz, levando ele a conhecer uma parte da sua personalidade que ninguém conhecia.

   Ácido e Doce é um livro sobre vingança, arrependimento e amor, com uma pitada generosa de erotismo, Raphael Miguel construiu um livro de mistério como a muito eu não lia, impossível de largar. A cada minuto eu me sentia mais apreensiva para saber o que acontece com a história desses dois personagens opostos e qual a sua ligação. Não feliz com todo esse mistério Raphael ainda acaba o livro nos deixando com gostinho de quero mais, pois ainda há muita coisa que precisamos descobrir sobre o passado de Eveline e Alejandro.

  Com uma personagem feminina que exala poder fui conquistada por Eveline, logo eu já tinha minha personagem favorita, estou torcendo por ela. Então Xeque-Matte e Raphael agilizem com esse livro maravilhoso por favor.

   Uma história perfeita para quem gosta de séries como Skins, com bastante sexo, drogas e Rock N' Roll.
    Obrigada Xeque-Matte por esse livro maravilhoso.
   
     Beijos e até a próxima.
     
     Adquira seu Ácido e Doce Aqui





Primeiras Impressões XM: Mercy




     Olá beautiful people, quanto tempo não é mesmo?
     Estou de volta e é para trazer as primeiras impressões do livro Mercy, escrito pelo autor nacional Cacio da Silva e publicado pela editora Xeque-Matte que tem  mostrado um grande diferencial no mercado editorial, com apenas 4 livros lançados e mais alguns saindo do forno, a Xeque Mate ja conquistou varios corações inclusive o meu que é bastante exigente. Então chega de papo e vamos viajar pelo mundo da jovem Mercy.

Lançamento XM - Apenas viva sem mim

Bom dia, para quem amanheceu com uma nova capa da Editora Xeque-Matte revelada. A capa da vez é do livro "Apenas viva sem mim, da linda da Maria Eduarda Duarte que com apenas 16 aninhos, realizou seu sonho de publicar um livro, apaixonada por livros Maria Eduarda mora com os pais, no Ceará


Sinopse: "Minha mãe costumava dizer que a dor sentida nunca poderia ser escrita. Eu nunca concordei com essa frase, até o dia que perdi o nós."


O jovem casal Andrew e Maryui eram perfeitos, aos olhos de todos. Tinham uma ligação esplêndida, ambos faziam tudo um para o outro. Mas, acidentes acontecem. E são capazes de transformar o mundo, ou pelo menos, o mundo específico de alguém. Quando tudo é alterado em uma noite simplória de sábado, as chamas consomem o amor existente restando só culpa, medo e desconfiança entre o que é visto e o que é a verdade absoluta. Cabe a Andrew, então, recuperar-se das queimaduras e encontrar a realidade em seus sentimentos pela esposa, mas ele acaba adentrando no mundo obscuro de Maryui – e isso pode o levar à ruína.







Eu já estou super curiosa por esse romance, e você? Com certeza não quer ficar por fora não é?!?

Resenha: Brilho do Sol | Roseli Magro

  
    Brilho do Sol, é uma pequena cidade localizada no Nordeste do Brasil, que como outras cidades desse estado, sofre com a seca, a pobreza e a fome, porém isso não impede os moradores de lá, de lutarem por suas vidas e famílias. Assim como Teovaldo que casado com Ana, acaba por ter um lindo menino chamado João, que estaria destinado a mudar as vidas que habitavam em Brilho do Sol para sempre.
     Essa história apaixonante nos apresenta ao melhor e ao pior do brasileiro, que com suas características marcantes de povo lutador mas também fácil de se deixar levar, trava uma luta entre o bem e o mal, e nos faz pensar sobre como o amor pode salvar vidas, mesmo quase sem esperanças.
     João fruto do amor entre Ana e Teovaldo, não é uma criança comum, ele transforma vidas por onde passa, enchendo-as de esperança, mas também desperta inveja e ressentimento, pois a vida sertaneja não é fácil e há aqueles que acreditem que não deve haver felicidade em meio a fome.
      Após um incidente, causado por inveja que causava a família do menino João e sua felicidade, Dona Ana acaba por criar uma rival na pequena cidade, Dona Raimunda que além de invejosa é também uma pessoa altamente rancorosa e perversa.
       A inveja de Raimunda não deixa com que ela conviva com o amor que seus vizinhos enxergam em João e logo acha um jeito para manipular seus vizinhos, e acaba convencendo-os de que  João e seus pais não são tão perfeitos como aparentam, mas afinal, estaria Dona Raimunda certa e algo que não era normal vinha daquela família?
   
     Essa foi uma história instigante, que encheu meu coração de dor, mas também de amor, em diversos momentos me vi com um nó na garganta, pensando sobre o bem e o mal, a manipulação e a liberdade.
     Roseli, foi incrível em mexer com os sentimentos do leitor, embora eu procurasse um pouco mais de denuncia sobre a fome no livro, mesmo que o foco fosse o amor. O amor realmente salva vidas e torna as dificuldades mais fáceis, mas quando se sente fome será mesmo o amor suficiente?
     Esse livro me lembrou clássicos, como Vidas Secas, um livro que marcou minha vida para sempre e Brilho do Sol, com certeza também deixou seu legado em meu coração. Um livro em que ao tocar já me passou sentimentos bons, e quando o abri pela primeira vez eu sabia que não seria a mesma pessoa, quando acabasse de lê-lo.
     O primeiro lançamento, da Editora Xeque-Matte, uma nova editora que promete grandes lançamentos no setor editorial nacional, mostrou um excelente trabalho em seu primeiro lançamento, sendo em diagramação como também a própria edição que transborda paz e amor.
     Ler Brilho do Sol, me fez sentir especial e com certeza algo em mim mudou, se vocês ficaram curiosos e querem ter essa chance de conhecer, o livro, a autora e a editora, deixo aqui alguns links importantes.






Espero que vocês gostem desse livro assim como eu gostei, Beijos e até a próxima. <3

Primeiras Impressões: Árion - O Reflexo de um outro mundo

     
Oi pessoal eu sei que andei um pouco sumida, mas aqui estou eu novamente, por um motivo super especial, eu e mais alguns blogueiro literários que temos parceria com o autor nacional Pablo Madeira, autor de livros como Clér e Sem a (lou)cura só o amor, tivemos a honra de sermos os primeiros a ler os três capítulos inicias do seu novo livro: Árion - O Reflexo de outro mundo, onde pela primeira vez depois de confirmar que arrasa em gêneros como romance e contos o autor se aventura em um novo, a fantasia e posso dar um pequeno Spoiler ele está arrasando.

Um pedido de ajuda

 
    Ao me olhar no espelho, forçando um sorriso, sem diferença do habitual, essas pequenas falsidades haviam tomado conta de mim, já era natural, sorrir sem querer, falar sem querer, se importar sem querer, sentindo o peso dos mundo em meus ombros, procrastinando dia a após dia. Parece drama eu sei, sempre parece para quem está de fora, parece falta de esforço, falta de vontade, falta... Sim o que tenho é falta de você, o que mais seria isso, se não saudade?
    Esse amor brincando de solidão. Esse vazio transbordado de você que não está aqui, sem cobranças, mas nesse momento me olhando no espelho vejo apenas um corpo, perdido nas decisões que precisar tomar, na vida que tem que continuar. Continuar? Para quê? Não aguento mais querer fazer as coisas e não ser mais capaz. Parece drama eu sei, fico até com vergonha de escrever, mas como desabafar, se não consigo falar, um milhão de sentimentos tomam conta de mim, e só consigo sentir, sem sorrir, tenho andado confusa, distraída, com medo de amar, de cair, de chorar... Engulo as lágrimas como quem toma um copo da água, mas lágrimas não me acalmam como a água que mamãe trazia nas noites de tempestade
      Paro de chorar, há quem queria estar no meu lugar, conheço todo esse blá, blá, blá, mas as dores de minha alma tem ardido como fogo, e estão me queimando...Me queimando de dentro para fora, me trazendo um desespero sem saída, por favor alguém pode me ajudar? Traga a chuva para me acalmar.